O FGTS surgiu a partir de 1966 e passou a ser vigente em 01 de janeiro de 1967. Saiba que existem muitas formas de acessar a esse benefício, verificando se o seu empregador está fazendo os pagamentos devidos. Confira isso e muito mais no artigo de hoje! Boa leitura!


Publicidade

Veja Também: Como fazer a consulta do CPF no Serasa Grátis

Sobre as consultas ao FGTS

Como vimos na introdução deste artigo, o FGTS surge a partir de muitas lutas e reinvindicações da classe trabalhadora por regularização na relação entre empregador e empregado.

A consulta do FGTS é muito importante e o trabalhador deve fazê-la com regularidade, mesmo que não esteja na época de sacar o benefício, pois tem a vantagem de poder conferir se a empresa onde trabalha está realmente fazendo os pagamentos devidos. Para saber se tudo está ok, recomenda-se o acesso uma vez por mês, sempre com vias a consultar se a empresa fez o depósito do mês e se tudo está regularizado.

É importante ter acesso a essas informações, tendo em vista que o FGTS pode ser utilizado em duas principais situações: a) para criar um fundo de reserva, a fim de proteger o empregado na hora de um possível desemprego e b) para realizar o sonho de obtenção da casa própria, dando o valor correspondente ao seu benefício como entrada, por exemplo.

Sendo assim, se você é trabalhador com carteira assinada, mas não conhece direito esse processo, saiba que você pode fazer a consulta do FGTS sem precisar sair de casa, de modo totalmente online. Veja a seguir mais informações sobre isso.

Quem tem direito ao FGTS- EI Plus

Após todas essas informações, você deve estar se perguntando com relação a quem tem direito a este benefício, ou até mesmo, se você já sabe que tem, mas não sabe como acessá-lo. Fique sabendo que o FGTS é destinado a todos os trabalhadores com carteira assinada, sendo todos os trabalhadores regidos pela CLT (Consolidação das Leis de Trabalho).

Veja mais: Como conseguir investidores para minha startup?

No entanto, é válido destacar que o Brasil tem um dos menores percentuais de trabalhadores com carteira assinada no mundo, ou seja, apenas 40% dos trabalhadores conseguem amplo acesso aos seus direitos trabalhistas.

Consultar online o seu FGTS

Antes de qualquer coisa, para que uma pessoa possa fazer a consulta online ao seu FGTS, esta precisa, em um primeiro momento, estar em posse de um computador, tablet ou celular e acesso à internet, pois somente assim é possível fazer a consulta ao FGTS de modo prático e descomplicado.

Sendo assim, a alternativa mais simples e prática de fazer a consulta do seu FGTS e desta forma, saber maiores informações sobre o seu benefício, é por meio do site da Caixa Econômica Federal. O cadastro é feito em questão de minutos e você já consegue saber o valor que está rendendo.

  • No primeiro passo você irá acessar o site da caixa em www.caixa.gov.br/extrato-fgts
  • Após isso, digite o número do seu NIS, que se encontra na carteira de trabalho ou no seu cartão cidadão;
  • Na sequência, clique em Cadastrar Senha;
  • Imediatamente uma nova página irá abrir no seu navegador apresentando os termos de utilização da plataforma. Role a página até final e clique em Aceito.
  • Feito isso, você deverá preencher um formulário que irá aparecer na tela do seu dispositivo e após isso, crie uma senha para realizar a consulta do FGTS.
  • Aguarde alguns instantes enquanto o sistema finaliza o seu cadastro e depois acesse mais uma vez a página inicial.
  • Faça a inserção mais uma vez do seu NIS e agora inserindo a senha que você criou.
  • Clique na opção OK;
  • A partir disso, você será direcionado para a Home Page. Estando dela, é só clicar em FGTS e depois em extrato. Desta forma, você terá acesso a todos os valores acumulados, inclusive de outros vínculos empregatícios.

Não deixe de fazer essa consulta com periodicidade, pois é através desse controle que você terá condições de saber se o seu empregador está realmente fazendo os depósitos devidos, e caso não esteja, você terá condições de recorrer a medidas que evitem isso, uma vez que se trata de um direito previsto em lei ao trabalhador de carteira assinada.

Confira mais: Entenda por que a urna eletrônica não é usada em outros países

Os tipos de consulta

Além da dica de consulta que apresentamos anteriormente, existem outras formas de fazer a consulta do seu FGTS, e uma delas é através do método convencional indo até a agência da Caixa e fazer a consulta presencialmente.

Nesse caso, basta ir até um guichê da Caixa, não necessitando ser correntista para fazer esse tipo de conferência. Para consultar o FGTS, será preciso apenas os documentos pessoais e do seu PIS/ PASEP/NIT. É recomendado levar também a CTPS.

Também existe a possibilita de fazer esse tipo de consulta via SMS, e é mais prático, pois faz com que os usuários confiram mais rapidamente o seu saldo e podem acessar até mesmo movimentações não autorizadas. Para aderir a este sistema por SMS, o interessado deve acessar o site da Caixa, colocar o seu PSI/ PASEP/NIT e a sua senha e acessar. Na sequência, clique na aba FGTS, seleciona a opção “serviços no celular”.

Como você pode observar ao longo deste artigo, o FGTS foi um direito adquirido e que é muito importante para dar segurança aos trabalhadores. Além disso, é imprescindível que os trabalhadores aprendam a fazer a conferência do fundo de garantia, para saber se realmente estão recebendo em dia o pagamento devido.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui