Seguranca X Porteiro — NRB

Muitas vezes, os cursos de segurança e porteiro se misturam em uma única função, dando a sensação de que uma mesma pessoa atua nas duas áreas.


Publicidade

Entretanto, a realidade não é bem essa e existem características e trabalhos distintos.

Pensando nisso, e nessas confusões, separamos aqui as principais diferenças e ensinos de cada um desses cursos.

Logo, vai ficar mais fácil escolher aquele que se encaixa no seu perfil e que pode ser o seu plano inicial de carreira.

Vamos lá?

Diferenças entre os cursos de segurança e porteiro

Os seguranças e porteiros são profissionais essenciais no dia-a-dia de milhares de negócios e que podem ser contratados por diferentes pessoas e empresas.

Por isso, vamos conhecer melhor cada uma dessas opções.

Quais opções escolher: Moda x Corte e costura, confira agora

Porteiro

O porteiro também é chamado de vigilante ou vigia e trata-se de uma área em crescimento, mas também voltada para quem quer uma formação rápida.

Como o curso tem uma curta duração, é ideal para quem está desempregado e quer uma chance em um mercado em expansão.

Seguranca X Porteiro — NRB

Na maior parte das vezes, esse tipo de profissional é contratado por condomínios, industrias e empresas.

Isso porque, cresce a demanda por locais mais seguros e protegidos 24 horas por dia.

Porém, esses locais querem mão de obra mais qualificada.

Com isso, ao invés de contratarem pessoas que não tenham um curso, escolhem aqueles que o tem.

Até por não precisarem treinar ou ensinar o básico da atuação.

De maneira geral, o que você vai aprender neste curso inclui:

  •   Portaria e serviços;
  •   Segurança patrimonial;
  •   Reparos e manutenção;
  •   Comportamento dentro do trabalho;
  •   Vivências e práticas profissionais, etc.

Portanto, o foco é ensinar na teoria e prática o que você precisa fazer e qual a melhor forma de desempenhar este papel.

Entretanto, aqui cabe uma ressalva quanto a atuação.

Logo, o principal foco do porteiro é sempre estar na portaria daquele local.

Durante o expediente, o trabalho consiste em fiscalizar e guardar o patrimônio, seja uma empresa ou apartamentos e casas.

Então, é comum que você faça anotações em relação a quem entra e sai do prédio, ligações para confirmação de entregas a moradores, cadastros de moradores, encaminhamento de pessoas, etc.

Inclusive, em casos de incêndios, tentativas de roubos ou de ultrapassagem, o porteiro pode acionar seguranças e policiais.

Segurança:

Não, segurança e porteiro não são as mesmas pessoas e, com isso, possuem atribuições diferentes.

Assim, o segurança é um profissional altamente requisitado no mercado.

Seguranca X Porteiro — NRB

Principalmente em empresas e ambientes comerciais, como lojas, boates, casas de shows e também em propriedades privadas.

O curso de segurança é voltado para ensinar conceitos básicos e as técnicas que você pode vir a precisar durante esse serviço.

Sendo que é preciso ter um perfil observador e atento.

Com isso, você será capaz de notar e prever possíveis problemas, garantindo resoluções mais rápidas e eficazes.

Com isso, durante o curso, você vai aprender:

  •   Segurança patrimonial/
  •   Comportamentos profissionais;
  •   Reparos;
  •   Manutenção;
  •   Estação de vivência;
  •   Direitos humanos.

Também é comum que os cursos ensinem mais sobre defesa pessoal, gerenciamento de crises, combate a incêndios e primeiros socorros.

O conteúdo de cada curso pode variar de acordo com a instituição.

Além disso, essa é uma área onde é altamente recomendável fazer cursos extras, que possam ajudar no seu trabalho.

Por exemplo, um segurança está sujeito a entrar em uma briga.

Logo, é interessante que você saiba técnicas de imobilização, defesa pessoal, primeiros socorros e assim por diante.

Vale destacar que segurança e porteiro são áreas que trabalham em locais comuns e, muitas vezes em parceria.

Portanto, você, como segurança, e um porteiro podem estar a frente de um edifício, casas, bancos, condomínios, etc.

Veja tudo sobre os cursos de Gastronomia x Confeitaria

Segurança e porteiro – Qual curso escolher?

Por fim, o curso de segurança e porteiro são bem diferentes, ainda que ambos requeiram profissionais altamente responsáveis, ético e confiável.

Dessa forma, a sua escolha deve ser feita com cautela, para entender melhor quais serão as suas atribuições diárias.

Por exemplo, é comum que o porteiro passe o dia todo sentado em uma sala de monitoração a frente de um edifício.

Já o segurança, é um profissional que pode ficar em movimento e também mais exposto.

Inclusive, vale destacar aqui que não se trata apenas de coragem, mas de cautela e capacidade de ministrar situações.

Você deve pensar que muitos problemas podem ser resolvidos com uma boa conversa, sabendo ao segurança tentar seguir por este caminho em primeiro lugar.

Daí a importância de focar em métodos para resolver crises.

Então, avalie tudo isso antes de escolher o seu curso ideal.

Além disso, avalie suas características pessoais, já que ambos precisam ser responsáveis, confiáveis e éticos.

Porém, a recomendação é que o segurança tenha um perfil mais observador, boa memória, seja sigiloso e tenha boa capacidade de reação.

Já o porteiro, dever um profissional mais atencioso, com alta capacidade de comunicação, boa dicção e discreto.

Nos dois cursos você pode crescer profissionalmente através de cursos profissionalizantes, aumentando também o seu salário.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui