Convenios UFRJ
Convenios UFRJ

(Queimados-RJ) O CVT – Centro Vocacional Tecnológico de Queimados firmou convênio com a UFRJ – Universidade Federal do Rio de Janeiro – para desenvolvimento de projetos de extensão que tratam de ações processuais e contínuas de caráter educativo, social, cultural científico ou tecnológico, com objetivo específico e duração de um ano. Os cursos de Manipulação e Higienização de Alimentos direcionados aos educadores e monitores da Educação Infantil da Secretaria de Educação e Cultura já tiveram seu início.

Convenios UFRJ
Convenios UFRJ

Cerca de 130 alunos, entre educadores e crianças do CVT, que participam do programa PETI, exceto nas condições de aprendiz a partir de 14 anos, além de promover a inclusão social de crianças e adolescentes em situação de risco, estimulando e abrindo novas perspectivas, através de trabalhos manuais, aprendendo e ensinando, promovendo o convívio social saudável, valores morais e espirituais. Hoje atualmente, o CVT, atende cerca de 550 alunos semanalmente, muitos deles realizando sonhos antes nunca imaginados. Com a instalação do CVT, no bairro Santa Luzia, transformou a realidade do bairro e região. A antiga casa de prostituição cedeu espaço a Instituição que se tornou referência, devido aos cursos e projetos sociais oferecidos.

Neste novo trabalho, realizado e coordenado por profissionais da UFRJ, em parceria com o CVT são cinco cursos de extensão que estão sendo executados com os temas, assim distribuídos:

  1. “Promovendo Saúde e Reduzindo Danos” consiste na qualificação de professores que atuam no sistema educacional, na educação de jovens e adultos, juventude e desenvolvimento social e na promoção de saúde e prevenção de doenças, além de tratar das ações educativas que visam à prevenção de doenças, especialmente as enteroparasitárias.
  2. “Higiene dos Alimentos” trata de informações sobre as boas práticas em serviços de alimentação, de acordo com a exigência da RDC nº 216/2004 da ANVISA. Os assuntos abordados nesse item são: higiene pessoal e saúde do trabalhador, manipulação higiênica dos alimentos (métodos corretos de preparo, conservação, cozimento, reaquecimento, sanificação e armazenamento de alimentos), higiene de superfícies e do ambiente (limpeza adequada do ambiente de trabalho, dos equipamentos e utensílios) e doenças transmitidas por alimentos.
  3. “DST/AIDS” multiplica informações sobre o assunto, sensibilizando jovens e educadores para o problema. As doenças sexualmente transmissíveis (DST) representam um desafio global para as autoridades de saúde e educação do mundo atual e assim, são necessários ações e programas educativos em AIDS e DST para que adolescentes e adultos jovens sejam estimulados para a aquisição de comportamentos seguros.
  4. “Primeiros Socorros”, aulas teóricas e práticas sobre medidas preventivas e emergenciais de acidentes para diversos públicos alvos: alunos, professores e funcionários do 1º ciclo do ensino fundamental de escolas pública e privada. As ações pedagógicas voltadas para as crianças são desenvolvidas em forma de encenações, com a utilização de teatro de fantoches ou com os acadêmicos caracterizados de personagens.
  5. “Ler: Uma eterna aventura” tem como objetivo propiciar a socialização e aprendizagem por meio da leitura. Permite ainda a leitura individual e compartilhada e debates em torno da forma de apropriação pelo autor dos temas desenvolvidos nos textos lidos e os modos como o olhar específico do escritor é transposto para as páginas de um livro no trabalho de produção de uma obra literária, isto é, no tratamento das relações entre forma e conteúdo.

Prefeitura doa terreno à COOTRAL

A Prefeitura de Queimados doou à Cooperativa dos Transportadores Rodoviários de Cargas de Queimados – COOTRAL, um terreno com 6.727 m², que fica localizada na rua Henrique Munhoz Garcia, 455, bairro Morada do Sol.

O prefeito Luizinho sancionou a lei de doação de imóvel de nº 4.268, de 31 de março de 2011, em seu gabinete, nesta semana, recebendo diretores da empresa contemplada, secretário de Desenvolvimento Econômico e Regional, Fausto Costa, o Presidente da Câmara Vagner Tarcísio de Morais, vereador Evanilson Pereira de Andrade (Ratinho) para o ato oficial.

O projeto de lei foi enviado à Câmara de Vereadores pelo prefeito Luizinho em março deste ano, teve aprovação do Legislativo, com previsão de início das obras para construção da empresa, já nos próximos quatro meses e conclusão do projeto para no máximo dois anos, da nova sede no bairro Vila Promessa.

O terreno foi comprado pela prefeitura em 2007, tem uma área de 96 mil m2 e custou cerca de R$ 150 mil. Nessa área, em novembro de 2010, três empresas já foram beneficiadas e estão se instalando no bairro Vila Promessa como a CAPCASE, empresa especializada na fabricação de “Hard Cases” (caixa ou estojo rígido), sob medida, para todo e qualquer tipo de equipamento, além de instrumentos musicais, equipamento de áudio profissional, vídeo, televisão, médico, cirúrgico, aeronáuticos, automobilístico, armamento, equipamentos esportivos, entre outros.

Outra empresa contemplada, a DMDL, empresa de montagem de estantes, estruturas metálicas, há 12 anos atuando em São Paulo, que veio expandir seus negócios no sul de Minas e principalmente em Queimados. E por último, a Cris Turismo e Fretamento Ltda ME de Passos, que atua no ramo de compra, venda e reforma de ônibus.

A empresa COOTRAL faz transportes para todo Brasil e já presta serviços para várias empresas, dentre elas a Itapuã, Corn Food, Cereale, Agrovecal e outras e já irá se instalar na Vila Promessa, juntando-se às outras três contempladas.

Para o secretário financeiro, José Lucas de Paiva o objetivo da empresa é apoiar a classe dos caminhoneiros.

“As transportadoras estão preferindo repassar as cargas para as cooperativas pelo fato das mesmas já terem seguro de carga, firma aberta podendo emitir nota fiscal pelo serviço prestado e conhecimento de transporte (origem e destino), possibilitando oferecer preço justo ao transporte, o que nem sempre os caminhoneiros autônomos estão aptos a fazer”, explica.

A aquisição do terreno vai dar mais credibilidade a cooperativa, as empresas, transportadoras e até mesmo os caminhoneiros, poderão confiar mais na COOTRAL que será também um centro de apoio aos caminhoneiros da cooperativa e dos que passam pela nossa cidade e que tenha um local seguro para dormir, com vigilância e toda estrutura necessária e digna, a idéia é futuramente oferecer alojamento e comida para os viajantes, destacou José Lucas.

O presidente da COOTRAL, Carlos Sérgio de Carvalho destacou o empenho do prefeito Luizinho e da Câmara de vereadores que autorizou a doação do terreno. O terreno veio na melhor hora, a cooperativa está crescendo e com isso o número de caminhões também. “Estávamos sem espaço, em épocas de safra todos os dias ficava uma média de 25 a 30 caminhões de grande porte estacionados em frente, onde hoje é a COOTRAL, na Avenida Henrique Munhoz Garcia. O local onde será a nova sede é bem próximo da rodovia no que vai ajudar significativamente na diminuição do trânsito de caminhões pesados dentro da cidade e na poluição”, ressalta o presidente.

Segundo Carlos Sérgio, o número de cooperados está crescendo, os caminhoneiros já sentem a necessidade de se unir.

“Há muito tempo estamos esperando pela ajuda da prefeitura para disponibilizar um local adequado. O prefeito Luizinho já havia prometido e sempre nos deu a maior atenção, hoje estamos muito agradecidos pelo grande apoio e estamos certos de que podemos retribuir, levando nossos produtos e trazendo o progresso para nossa cidade”, comentou.

Para o Secretário de Desenvolvimento Econômico e Ação Regional, Fausto Costa é uma política inovadora de desenvolvimento adotada nas políticas públicas para a cidade. “Este projeto inaugura um novo momento para o desenvolvimento de Queimados, gerando emprego e renda”, destacou.

Ainda de acordo com o Secretário de Desenvolvimento Econômico e Ação Regional, a instalação desta empresa nesse novo local abrirá novas perspectivas de crescimento empresarial e contribuirá mais ainda para o desenvolvimento sustentável do bairro.

O prefeito Luizinho também destacou: “um dos focos da nossa administração é que a empregabilidade do município sempre cresça. Por isso, nos empenhamos para que as vagas na indústria e no comércio sejam preenchidas por cidadãos queimadenses”.

O maior retorno de um investimento é o emprego, tendo emprego há renda e consumo, é um problema a menos, temos uma política de ampliar as empresas daqui, e as de fora que prestam serviços no município, além de melhorar a qualidade de vida da comunidade local.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui