Valdinéia Prechesniuk, grávida de gêmeos, é encontrada dentro de mala em rio de Campinas, São Paulo

By | November 19, 2013

Valdineia PrechesniukFonte: Correio Popular de Campinas e Rede Record

A Polícia Civil identificou nesta segunda-feira (18) o corpo da mulher grávida encontrado em uma mala jogada em um lago na cidade de Itupeva, ao lado da Rodovia dos Bandeirantes, há três semanas. A vítima foi identificada como Valdinéia Conceição Prechesniuk. Ela tinha 21 anos e estava grávida de cinco meses de um casal de gêmeos.

Valdinéia foi morta com um tiro em uma das nádegas que atingiu o coração. Segundo a polícia, ela estaria deitada quando foi baleada. A mulher era de Ivaí, no Paraná, mas morava, segundo parentes, há dois anos na grande São Paulo.

Um irmão da vítima esteve na delegacia de Valinhos para identificar por meio de fotos o corpo da irmã. Como o rosto estava muito desfigurado a polícia colheu material genético do homem para fazer exames de DNA com a vítima. O corpo foi reconhecido apenas por meio de duas tatuagens que ela tinha (uma com o nome de Diney no ombro e outra da ave Fênix nas costas).

O irmão da vítima afirmou que a família havia perdido contato com Valdinéia quando ela saiu de sua cidade há alguns anos. Ela chegou a morar em Santa Catarina antes de se mudar para São Paulo. Uma prima da vitima, que era a única que conversava constantemente por meio do Facebook, foi quem percebeu o desaparecimento.

“Ela afirmou que desde o dia 25 de outubro Valdinéia não dava notícia. Então ela assistiu uma matéria na tevê e desconfiou que poderia ser a parente. Mas ela não sabe de nada da vida de Valdinéia” , afirmou o investigador chefe da delegacia de Valinhos, Marcos Morelli. De acordo com o policial, a família desconhecia o endereço da vítima.

A polícia solicita que quem tiver qualquer informação entre em contato pelo telefone (19) 3871-2400.

 

Matéria da Record

 



 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *