Traficantes trocaram tiros e jogaram granadas em PMs por três horas no Morro da Mineira

By | November 15, 2013

Foto: Rafael Andrade/Folhapress

Foto: Rafael Andrade/Folhapress

O Morro da Mineira é uma das comunidades que o governo chama de pacificadas.

 


 

Fonte: O Dia e Estadão

Rio – Quatro policiais militares da UPP do Morro de São Carlos trocaram tiros, na madrugada desta sexta-feira, com bandido que estava entrincheirado em casa no Morro da Mineira, no Catumbi. Os policiais acabaram encurralados porque, de outros pontos, bandidos começaram a disparar suas armas, fuzis, pistolas e até granadas, contra os soldados.

Os policiais, cercados em um beco próximo a Praça do Oitenta, conseguiram pedir reforços, por rádio. Logo chegaram soldados de outras UPPs e do BOPE. Quase três horas depois do início do tiroteio, os policiais foram resgatados. O bandido que estava na casa, fugiu por janela e sumiu em matagal.

Na ação, os policiais acharam um fuzil AK 47 com 30 munições intactas e cápsulas deflagradas de fuzil 762 e de pistola nove milímetros, além de 150 munições intactas de fuzil 762 em uma casa desocupada. Segundo o comando das UPPs, havia rastros de sangue na casa, mas nenhum PM foi ferido e ninguém foi preso.

A casa está com dezenas de marcas de tiros. O tiroteio, que aconteceu na madrugada, foi registrado na 17ª DP, em São Cristóvão, a Central de Flagrantes. Não se sabe, até agora, se houve feridos. No morro, ninguém quer falar sobre o assunto. Todos temem represálias.

 



 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *