Traficante Piolho do Morro do Dezoito será transferido para o presídio federal de Catanduvas

By | January 20, 2014

traficante-piolhoFonte: Jornal Extra

Os traficantes Alexandre Bandeira de Melo, o Piolho, e Vanderlan Ramos da Silva, o Chocolate, alvos da ação de resgate no Fórum de Bangu, no fim de outubro, serão transferidos para o presídio federal de segurança máxima de Catanduvas, no Paraná. Ainda não há, no entanto, data certa para a ida da dupla. A secretaria de Administração Penitenciária do Rio (Seap) aguarda contato do Departamento Penitenciário Nacional (Depen), que será responsável por levá-los.

A transferência da dupla foi autorizada, no último dia 9, pelos juízes Alexandre Pereira Dutra e Marize Cecília Winkler, integrantes do Colegiado de Execução Penal de Catanduvas. No dia 24 dezembro, o Ministério da Justiça, após ter sido acionado pela Vara de Execuções Penais (VEP) do Rio, sinalizou que havia vagas para os criminosos na unidade paranaense, e pediu aos juízes de lá autorização para a transferência. A VEP havia determinado a ida de Piolho e Chocolate para unidades federais no dia 26 de novembro, após solicitação da Secretaria de Segurança do Rio.

Em Catanduvas estão Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar, e Marcio Nepomuceno dos Santos, o Marcinho VP, os dois principais líderes da maior facção criminosa do Rio, rival ao grupo do qual Piolho e Chocolate fazem parte.

Desde 31 de outubro, data da tentativa de resgate, a dupla está em Bangu 1, no Complexo de Gericinó. A unidade também é de segurança máxima. No dia, três homens armados entraram no Fórum de Bangu, onde os traficantes estavam para serem testemunhas de um processo de tráfico de drogas, para tentar resgatá-los. A ação, que acabou frustrada, terminou com uma criança e um PM mortos.

 



 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *