Rua Morais Pinheiro em Anchieta vira ponto de venda de drogas do morro do Chapadão

By | November 6, 2013

Rio – A outrora pacata rua Morais Pinheiro no bairro de Anchieta foi transformada por criminosos do Comando Vermelho em boca de fumo em toda sua extensão, no total são seis pontos de vendas de drogas que funcionam durante 24 horas nas calçadas da via.

O lugar começou a receber vagabundos em 2010 após a ocupação do Complexo do Alemão, o morro do Chapadão ficou saturado de bandidos que foram se espalhando pelas ruas do entorno da favela, cada traficante recebeu seu novo feudo para a venda de drogas e a cada nova implantação de UPP em áreas dominadas pelo CV o lugar recebe mais traficantes.

Criminosos desfilam pelas ruas em carros roubados com até quatro fuzis nas janelas, atualmente são vistos constantemente Civic, Corolla, Jetta e um C4. Motoqueiros também circulam armados com fuzis pela rua e com frequência levam tombos por estarem completamente drogados, moradores tem de segurar o riso nessa hora e fingir que não estão vendo nada.

Os seis pontos de vendas de drogas na calçada tem mesas, cadeiras e guarda-sol para conforto dos traficantes e desconforto da população local, crianças indo para as duas escolas próximas são obrigadas a cruzar com a vagabundagem que por algum motivo estranho sente-se à vontade no lugar, a impressão é que não há preocupação com o posto policial que fica a 500 metros da rua.

Durante a noite o terror só aumenta, os traficantes tomam para si o poder de polícia e exigem que moradores andem em seus carros com luz interna acesa e muito devagar, constantemente estes moradores são parados e revistados sob a mira de armas. É comum dirigir na rua e ver uma luz de mira laser de um fuzil apontado para o peito, é necessário muito sangue frio para dirigir um carro com um fuzil apontado para o peito. Coisas do Rio pacificado.

Uma criança de 11 ou 12 anos drogada já foi vista com uma submetralhadora molestando moradores, a situação é de caos.

Nas noites de sexta-feira, moradores ficam impedidos de chegar em casa com seus carros por conta de um baile funk que entope a rua de gente e principalmente porque nos dias de baile os bandidos colocam troncos de árvores nos dois lados da rua para que nenhum carro passe e atrapalhe a diversão da vagabundagem.

Nos dias normais várias barricadas são contornadas com dificuldades pelos carros que passam ali, o Bope fez uma operação para retirada destas barricadas mas dez minutos após a saída dos militares a bagunça continuou na mesma tranquilidade. Estas barricadas estão presentes também na rua Pedra Rasa que é continuação da Morais Pinheiro.

O batalhão de polícia militar da área simplesmente ignora a situação, uma moradora que ligou para 190 relatou a este site que o atendente lhe disse que já haviam sido feitas duas mil ligações reclamando do mesmo problema.

Para atrapalhar ainda mais os moradores o que seria benefício passou a fazer parte do pesadelo, a prefeitura do Rio está fazendo obras de melhoria nas calçadas do bairro e bandidos usam o entulho das obras para fazer mais barricadas, além de ameaçar trabalhadores e proibir melhorias em determinados pontos.

 

rua-morais-pinheiro-anchieta

 



 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *