Morro da Covanca em Jacarepaguá pode receber a 2ª Companhia de Policiamento do 18º BPM

By | August 6, 2013

traficantes-morro-da-covanca-3Rio de Janeiro – Um prédio que foi desapropriado da prefeitura do Rio no morro da Covanca está sendo pleiteado pelo 18º BPM para sediar a 2ª Companhia de Policiamento que atualmente funciona dentro do próprio batalhão e é responsável pelo policiamento dos bairros do Tanque, Pechincha, Taquara, Gardênia e Rio das Pedras.

O efetivo seria de aproximadamente 60 homens e a localização facilitaria o policiamento do morro da Covanca que é o principal foco de entrada da migração de traficantes do comando vermelho vindos do Complexo do Lins e que poderá receber também bandidos que forem expulsos da favela da Maré que está em vésperas de receber uma UPP.

A iniciativa tem o apoio do coronel Almir Cabral, comandante do 18º BPM, que enviou um ofício à subprefeitura da Barra e Jacarepaguá solicitando o uso do imóvel e no momento espera resposta. O Conselho Comunitário de Segurança de Jacarepaguá idealizou o projeto e vem lutando por ele desde 2012.

Atualmente o imóvel está vazio e sendo depredado por traficantes que o usam como abrigo e para vigiar a entrada da polícia, o que é uma triste ironia, pois o prédio que deveria ser usando para segurança está acomodando os bandidos que aterrorizam a comunidade.

 

Tiroteio no dia 5 de julho que durou quatro horas no Bateau Mouche

 



 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *