Coronel PM Helio Vidal Martins é preso acusado de assassinato de ex-marido da namorada

By | October 5, 2013

Coronel-PM-Helio-Vidal-MartinsFonte: Jornal Extra

O coronel da PM Helio Vidal Martins Junior foi preso, na última segunda-feira, acusado de ser o mandante da morte de Alessandro Velasco Barreto, ex-marido de sua então namorada, a procuradora de Justiça Priscilla Padilha Gomes Bastos, em 2009. Também acusada pelo crime, Priscilla, presa no mesmo dia, conseguiu liberdade, nessa sexta-feira, por meio de um habeas corpus. O coronel foi levado para o Batalhão Especial Prisional (BEP).

Os dois tiveram prisão preventiva decretada, no dia 22 de agosto, pelo juiz Leonardo Cajueiro D’Azevedo, da 1ª Vara Criminal de Campos. O ex-PM Raleigh Machado Dias e Edilberto Siqueira Batista Junior, que já estão atrás das grades por outros crimes, são acusados de terem executado a vítima a mando de Helio e Priscilla. A prisão deles também foi pedida.

De acordo com informações do processo, o então casal teria mandado matar Alessandro por causa de uma briga judicial pela guarda do filho dele com Priscilla, ou pelo interesse dos dois na herança da vítima. O advogado da procuradora, Marcelo Freire, nega as acusações, e diz que não há provas suficientes contra a sua cliente.

Na mesma decisão que decretou as prisões dos acusados, o juiz também recebeu denuncia do Ministério Público contra eles. Os quatro respondem por homicídio duplamente qualificado (por motivo torpe e com recurso que impossibilitou a defesa da vítima).

De acordo com as investigações, Hélio e Pryscilla se comunicaram, no dia do crime, 80 vezes. No mesmo período, os outros dois acusados se falaram 500 vezes.

– Crimes dessa natureza, hedionda, que têm causado repulsa e intranquilidade na comunidade, principalmente quando praticados por aqueles que deveriam zelar pelo cumprimento da lei, bem como pela pacificação social, ou seja, policiais militares, não podem fincar raízes na sensação de impunidade – afirmou o juiz na sentença.

Foto: Phillipe Moacyr/ O Diário

 



 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *