Ataque de terroristas islâmicos em igreja no Paquistão mata 78 cristãos

By | September 22, 2013

Fonte: G1

Pelo menos 78 pessoas morreram neste domingo (22) em um atentado suicida duplo em uma igreja no Paquistão, incluindo 34 mulheres e sete crianças, afirmou o ministro do Interior, Chaudhry Nisar Ali Khan, no ataque mais mortal contra cristãos no país predominantemente muçulmano.

A violência religiosa e ataques contra forças de seguranças têm aumentado no Paquistão nos últimos meses, afetando os esforços do primeiro-ministro do país, Nawaz Sharif, de controlar a insurgência após chegar ao poder em junho.

 

Cristã chora a morte do irmão no atentado em Peshawar (Foto: Fayaz Aziz/Reuters)

Cristã chora a morte do irmão no atentado em Peshawar (Foto: Fayaz Aziz/Reuters)

 

“Quem são estes terroristas matando mulheres e crianças?” disse o ministro na televisão, falando de Peshawar.

Os homens-bomba atacaram a histórica Igreja de Todos os Santos, na cidade de Peshawar, no momento em que centenas de paroquianos saíam do prédio após a missa de domingo.

“Eu ouvi duas explosões. As pessoas começaram a correr. Restos humanos estavam espalhados por toda a igreja”, disse uma paroquiana, que deu apenas seu primeiro nome, Margrette.

Cristãos correspondem a cerca de quatro por cento da população do Paquistão de 180 milhões de pessoas. Ataques a áreas cristãs ocorrem esporadicamente no país, mas o deste domingo foi o mais violento na história recente.

Ninguém assumiu imediatamente a responsabilidade pelo ataque.

Papa condena atentado contra cristãos

O papa Francisco condenou neste domingo (22) o grave atentado suicida contra cristãos que deixou dezenas de vítimas.

‘Hoje, por uma opção equivocada de ódio e guerra, foi cometido um atentado no Paquistão. Esse não é o caminho, é preciso encontrar o caminho para construir a paz e um mundo melhor’, disse ao término de sua visita de um dia à ilha italiana da Sardenha.

O ataque, que ainda não foi reivindicado, ocorreu ao meio-dia local em frente à Igreja de Todos os Santos de Peshawar, a principal cidade do nordeste, uma região frequentemente atingida por atentados atribuídos em grande parte aos rebeldes islamitas talibãs.

 



 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *