Adolescente suspeito da morte do PM Anderson Dias Brazuna na Cidade de Deus é apreendido

By | October 7, 2013

upp-cidade-de-deusFonte: O Dia

Rio – Um menor de 17 anos foi apreendido, na tarde desta segunda-feira, na comunidade Cidade de Deus, suspeito de ter participado da morte do policial militar Anderson Dias Brazuna, de 34 anos. O adolescente foi apreendido com lança perfume e maconha e os agentes da 32ª DP (Taquara) investigam a possibilidade de ele estar envolvido no crime, segundo a assessoria da Polícia Civil.

De acordo com a Coordenadoria de Polícia Pacificadora, uma denúncia de morador levou os PMs de Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da comunidade ao paradeiro do menor. A polícia chegou ao suspeito após receber informações de que o adolescente seria o motorista da motocicleta de onde partiram os disparos contra os policiais. O menor foi encontrado com 10 frascos de lança perfume e 130 trouxinhas de maconha.

O corpo do PM foi enterrado na tarde desta segunda no Cemitério Jardim da Saudade, em Sulacap, na Zona Norte. Lotado na UPP Cidade de Deus, o PM foi morto com um tiro no peito enquanto fazia ronda no local, na noite deste domingo.

De acordo a polícia, o soldado foi atingido por disparos feitos por dois homens que passavam na Avenida Miguel Salazar Mendes de Moraes em uma moto. Lotado há quatro na UPP, Anderson foi socorrido e levado à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da comunidade, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Dois homens foram detidos e encaminhados à 32ª DP (Taquara) para prestar depoimento. A Polícia Civil ainda não confirmou se a dupla é responsável pela morte do PM. A UPP da Cidade de Deus foi implantada em 2009 na comunidade da Zona Oeste do Rio , que tem cerca de 120 mil moradores. A Divisão de Homicídios (DH) investiga o caso.

 



 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *