Pastor Marcos Pereira da Assembleia de Deus dos Últimos Dias é preso por estupro

By | May 8, 2013

pastor-marcos-pereira-estuproFonte: O Dia

Rio – Agentes da Delegacia Especial de Combate às Drogas (DCOD) prenderam, às 22h de ontem, o pastor evangélico Marcos Pereira, da Assembleia de Deus dos Últimos Dias. Os policiais cumpriram dois mandados de prisão expedidos pela Justiça contra ele por estupro. Pereira foi detido na Rodovia Presidente Dutra.

O pastor é investigado ainda em mais quatro denúncias de abusos sexuais. O pastor ficou famoso por intermediar rebeliões em presídios e por converter, supostamente, traficantes para a igreja. Pereira também teve destaque no noticiário ao negociar a libertação de virtuais vítimas, que seriam assassinadas em tribunais do tráfico.

O pastor chegou a trabalhar em parceria com a ONG AfroReggae, na recuperação de jovens envolvidos com o tráfico de drogas e traficantes que cumpriram penas. A parceria acabou depois de troca de acusações entre o pastor e e o líder do AfroReggae, José Júnior.

Segundo Júnior, Pereira teria envolvimento nos atentados cometidos por líderes do tráfico em 2006, com vários ônibus incendiados na cidade. Na ocasião, em 2012, José Júnior disse ainda que, se fosse morto, o culpado seria o pastor.

Ex-mulher diz ter sido estuprada

Durante as investigações, a ex-titular da DCOD, delegada Valéria Aragão, chegou a confirmar que testemunhas relataram abusos sexuais por parte de Marcos Pereira. A ex-mulher do pastor Ana Madureira da Silva, que morou com o religioso até 1998, contou que, numa ocasião, ele “entrou em casa, trancou as portas e fez sexo à força” com ela. A DCOD investiga o envolvimento do pastor em seis estupros, inclusive de fiéis.

De acordo com o depoimento, Ana disse que os dois se casaram em 1989, quando ainda não eram evangélicos. Cinco anos depois, Marcos passou a frequentar cultos e criou um “ponto de pregação” em casa, onde eram realizados cultos às segundas. Antes do abuso sexual acontecer, Ana Madureira teria tido, segundo ela, “uma visão do Anjo do Senhor que avisava que o pastor Marcos iria estuprá-la para que engravidasse”, e, posteriormente, lhe acusasse de adultério. Eles têm dois filhos.

Marcos Pereira foi encaminhado para a sede da especializada, no Andaraí, na Zona Norte, e teria pedido a fiéis da sua igreja para fazer uma manifestação no local contra a detenção.

 



 

Comentários

comments

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *