Leandro Feijão, atleta de MMA, morre em dia de pesagem do Shooto 43

By | September 27, 2013

leandro-feijaoFonte: G1

O lutador de MMA Leandro Feijão morreu nesta quinta-feira, dia da pesagem do Shooto 43, evento em que ele se apresentaria nesta sexta, no Rio de Janeiro, contra Gabriel Brasil. Professor de Feijão, o também lutador André Chatuba fez o comunicado em sua página no Facebook. Ainda não se sabe o motivo da morte.

– Boa noite, pessoal. Venho comunicar o falecimento do nosso atleta Leandro Feijão, que iria fazer uma luta amanhã no Shooto. Feijão passou mal antes da pesagem do evento, desmaiou e foi levado para o hospital, ainda não sei o que levou Leandro à morte – escreveu Chatuba.

Algumas horas depois, Dedé Pederneiras, um dos organizadores do Shooto no Brasil, também usou o Facebook para confirmar a morte do lutador.

– É com grande pesar que viemos por meio desta noticiar o falecimento do atleta Leandro Caetano de Souza. O atleta veio a óbito na UPA de Botafogo, os motivos ainda não são de nosso conhecimento. Gostaríamos de expressar os pêsames a todos os amigos e familiares.

“Ele era o homem da casa”

A reportagem do Combate.com entrou em contato com André Chatuba para saber mais detalhes da quinta-feira de Leandro Feijão. Segundo Chatuba, seu aluno na Delfim Caçadores de manhã para a uma sauna, onde tentaria perder cerca de 900g. Lá, passou mal e foi levado para a UPA de Botafogo, mas faleceu.

– Eu tenho luta no dia 4 e tenho treinado muito. Não o acompanhei hoje porque estava treinando. Soube que o Leandro tinha passado mal pela irmã dele. Cheguei lá e me disseram que ele estava passando mal. Achei que ele poderia estar tomando um soro ou algo assim, mas então me informaram a morte – disse Chatuba ao Combate.com, por telefone.

Leandro tinha 28 anos fez dez lutas no MMA. Venceu cinco adversários e perdeu cinco combates. Ele deixou a Relma Combat Team para seguir os passos de André Chatuba. Há um ano, passou a treinar também na Nova União.

– A gente quer saber o que houve. O Leandro era o homem da casa, sustentava a família – lamentou Chatuba.

 



 

Comentários

comments

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *